(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "//connect.facebook.net/pt_BR/all.js#xfbml=1"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk')); class="archive date unknown">

Cineclube Casa da Cultura apresenta:

Operacao_Dragao

Filme: Operação Dragão
Ano: 1973
Direção: Robert Clouse
Duração: 98 minutos
Classificação: 14 anos
Gênero: Ação

Curadoria da sessão: Gralha Rocka

Sinopse:

Clássico do cinema de artes marciais protagonizado pelo lendário Bruce Lee. “Operação Dragão” é muito mais que um filme de lutas e incorpora elementos dos antigos filmes de agente secreto e espionagem, com suas organizações criminosas e seus vilões excêntricos. Na trama, Lee vive um integrante do Templo Shaolin recrutado para investigar uma rede de tráfico de ópio e prostituição. Para isso, ele precisa se infiltrar em um torneio de artes marciais promovido na ilha particular de um magnata que usa sua academia como fachada para encobrir crimes. Entre os competidores estão o afro-americano Willians, ativista dos movimentos negros anti-racistas, e o playboy jogador Roper, que se junta à Lee no combate aos criminosos. Destaque também para a trilha sonora assinada por Lalo Schifrin, que une ritmos e estilos característicos da contracultura setentista, como o jazz fusion e o funk.

Serviço:
Data: 03/09/2015
Hora: 20:30
Local: Auditório Cine Theatro São Carlos (anexo à Casa da Cultura de Guaxupé/MG)
Entrada Gratuita

Vidz: Water Rats – Butterfly

O Water Rats, de Curitiba, é uma banda relativamente nova, formada em 2012. Porém os caras já são calejados devido à trampos anteriores com outras bandas, como o guitarrista/vocalista Alexandre Capilé, que por anos esteve na linha de frente do Sugar Kane. Isso fez do Water Rats uma banda nova experiente. Os caras conhecem os caminhos e os buracos. Estão em uma crescente incrível com disco elogiado, turnês no exterior e Brasil e recentemente foram selecionados para o projeto “Converse Rubber Tracks” (vão gravar em Seattle). E em meio a tudo isso, estão divulgando o novíssimo clipe da faixa “Butterfly”. É simples e direto: os caras em ação. O som: um garage punk dos infernos. 1min19s explica.

Cineclube Casa da Cultura apresenta:

Nascido_Para_Matar2

Filme: Nascido Para Matar
Ano: 1987
Direção: Stanley Kubrick
Duração: 116 minutos
Classificação: 16 anos
Gênero: Drama/Guerra

Curadoria da sessão: Gralha Rocka

Sinopse:

A insanidade do serviço militar e da guerra retratados pelo diretor Stanley Kubrick. “Nascido Para Matar” é dividido em duas partes. O primeiro ato narra o treinamento sádico e desumano de um grupo de aspirantes à fuzileiros navais americanos. Com um humor corrosivo entremeado a uma grande carga dramática, o longa mostra o embate entre homens comuns e um sargento linha dura que tem como meta transformá-los em “máquinas de guerra”. Na segunda parte, os fuzileiros enfrentam seus próprios medos e os horrores do campo de batalha. Ao lado de “Platoon” e “Apocalypse Now”, o filme é um marco do cinema de guerra ambientado no conflito entre EUA e Vietnã. Mais um excepcional trabalho de Kubrick, responsável também por clássicos como “Laranja Mecânica”, “2001: Uma Odisséia no Espaço” e “O Iluminado”.

Serviço:
Data: 27/08/2015
Hora: 20:30
Local: Auditório Cine Theatro São Carlos (anexo à Casa da Cultura de Guaxupé/MG)
Entrada Gratuita

Vidz: Motorcity Madness – Strong As A Rat

Divulgando o segundo álbum, “Dead City Riot”, lançado no início de 2015, o quarteto gaúcho Motorcity Madness soltou um alucinante clipe para a faixa “Strong As A Rat”. O vídeo teve produção e direção da própria banda e une o universo exploitation com a velocidade do skate longboard. O som acelerado deu liga total com as imagens.

Cineclube Casa da Cultura apresenta:

Eu_Receberia

Filme: Eu Receberia as Piores Notícias dos Seus Lindos Lábios
Ano: 2012
Direção: Beto Brant e Renato Ciasca
Duração: 100 minutos
Classificação: 16 anos
Gênero: Drama/Nacional

Curadoria da sessão: Gralha Rocka

Sinopse:

Adaptação do livro homônimo do escritor Marçal Aquino. Em grande atuação e desprovida de qualquer limitação, a atriz Camila Pitanga se entrega completamente ao que muitos consideram o maior personagem da sua carreira. Camila encarna Lavínia, mulher sedutora e instável, figura central de um triângulo amoroso. “Eu Receberia as Piores Notícias dos Seus Lindos Lábios” narra uma vertiginosa e acidentada história de amor nascida em um ambiente hostil: uma cidade do interior do Pará envolta em conflitos em decorrência do garimpo. O fotógrafo Cauby e o pastor Ernani completam os vértices deste triângulo. Destaque também para a ambientação, com belas imagens da região amazônica e para o elenco de apoio composto por nativos. O longa ganhou o prêmio de melhor filme do Festival de Cinema Latino-americano de Huelva e Camila Pitanga foi premiada como melhor atriz nos festivais do Rio e do Amazonas.

Serviço:
Data: 20/08/2015
Hora: 20:30
Local: Auditório Cine Theatro São Carlos (anexo à Casa da Cultura de Guaxupé/MG)
Entrada Gratuita

Desova: Cangaço – Retalhado (EP/2015)

Cangaco_EP

Na década de 1990, o Sepultura inovou ao inserir elementos da cultura e da música brasileira em seu som. Naquele momento muitas bandas de metal entraram na onda, algumas não passando do mero pastiche. A moda passou e o metal seguiu seu curso, porém não tão conservador como outrora. As barreiras quebradas pelo Sepultura foi algo primordial para que outras bandas brasileiras flertassem com a cultura do próprio país. Hoje esse tipo de diálogo musical é normal, porém uma banda vem chamando a atenção: o Cangaço. E o que eles têm de tão especial? Simples, o trio é composto por genuínos cabras nordestinos. A banda de Recife, capital de Pernambuco, mergulha de cabeça nas raízes culturais do seu estado. Isso não se restringe à música e abrange toda a concepção do grupo a começar pelo nome. A cultura regional está no som, nas letras e nas capas, dialogando de forma fluente com o thrash/death metal. Após um EP e um álbum full, o Cangaço está lançando “Retalhado”, um EP virtual onde prestam uma homenagem à artistas que os influenciaram. São quatro versões: “Sangue de Bairro (Chico Science & Nação Zumbi), “Cavalos do Cão” (Zé Ramalho), “Guerreiro” (Alceu Valença), “Nothing to Say” (Angra) e uma música autoral intitulada “Rondon”. O EP está disponível para audição e download free no site oficial da banda. Se você assim como eu, acha no mínimo estranho bandas brasileiras com temáticas da cultura de outros países, como cavaleiros, vikings, fadas, elfos e dragões, o Cangaço está ae para provar que é possível inserir a nossa cultura no metal. E sim, fica bom.

Cineclube Casa da Cultura apresenta:

Daqui_a_cem_anos01

Filme: Daqui a Cem Anos
Ano: 1936
Direção: William Cameron Menzies
Duração: 93 minutos
Classificação: 16 anos
Gênero: Ficção Cientítica

Curadoria da sessão: Gralha Rocka

Sinopse:

Primeira superprodução do gênero ficção científica, lançada em 1936. “Daqui a Cem Anos” é uma entre muitas adaptações da obra do escritor H.G. Wells, autor de clássicos como “A Ilha do Dr. Moreau”, “A Máquina do Tempo” e “Guerras dos Mundos”. O próprio Wells escreveu o roteiro e supervisionou as filmagens. O longa narra os acontecimentos ocorridos em Everytown, uma metrópole fictícia, no período de quase cem anos (1940 – 2036). Na trama, uma grande guerra mundial reduz a sociedade à comunidades primitivas. Somente a ciência e não a religião ou a política é capaz de promover a paz e retomar o desenvolvimento da civilização. Porém o avanço tecnológico acaba acarretando novos focos de tensão social. O filme marca a estréia de William Cameron Menzies na direção, cenógrafo vencedor do Oscar em 1929 e um dos maiores criadores de cenários de Hollywood na época. São dele os sets do épico “E o Vento Levou”. As temáticas de Wells e o visual elaborado por Menzies em “Daqui a Cem Anos” serviram de influência para inúmeros filmes do gênero.

Serviço:
Data: 13/08/2015
Hora: 20:30
Local: Auditório Cine Theatro São Carlos (anexo à Casa da Cultura de Guaxupé/MG)
Entrada Gratuita

Autorock 2015

Autorock_2015

No período de 13 a 23 de agosto acontece em Campinas/SP a 9ª edição do festival Autorock. São vários dias de programação, em locais diferentes, abrangendo diversos estilos e formas de arte. O ápice do fest será no domingo, 23 de agosto, na Estação Cultura, com entrada free.

« + Antigas