(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "//connect.facebook.net/pt_BR/all.js#xfbml=1"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk')); class="archive date unknown">

Festival Sinfonia de Cães X

Sinfonia_10_Anos

Neste sábado, 23 de novembro, vai rolar na capital paulista a décima edição do Festival Sinfonia de Cães. Pra quem não conhece, o Sinfonia é um coletivo (palavrinha desgraçada essa) que realmente funciona como tal. Foi fundado em 2013 por vários ativistas sócio-culturais e desde então vem realizando eventos como shows, exposições de fotos e artes plásticas, mostras de teatro e audiovisual, debates e oficinas. Tudo na raça, sem vínculo com a rede “Fora do Eixo”, sem grandes editas e patrocínios. É um coletivo que conquistou respeito e admiração pelo que fez ao longo da sua trajetória. E isso tudo merece uma celebração à altura. O cast do décimo festival dos caras está simplesmente espetacular com La Carne, The Concept, Hierofante Púrpura, Vermes do Limbo e Popstars Acid Killers. Além é claro de inúmeras outras atividades. Então fica a dica, se você for de São Paulo ou estiver na cidade neste sábado, não perca essa festa.

Vidz: Monster Coyote – The Shepherd Who Saves the Wolf, Dooms His Sheeps

Uma das melhores bandas da nova safra do rock pesado brasileiro, o Monster Coyote, de Mossoró/RN estréia em clipe com uma faixa inédita. Os caras estão na ativa desde 2010 e já lançaram dois plays: o EP “Stoner to the Bone” (2011) e o aclamado full length “The Howling” (2012). Atualmente estão em fase de produção de um novo trabalho e “The Shepherd Who Saves the Wolf, Dooms His Sheeps” é uma das novas composições. O clipe foi gravado em meio à paisagem árida do estado que o trio reside, fazendo com que as cenas emoldurassem perfeitamente o som pesado calcado no stoner/sludge com temáticas obscuras. Mais um acerto da banda.

Escritor Nege Além completa 90 anos

Nege_Alem

Hoje, 16 de novembro de 2013, o grande escritor Nege Além está completando 90 anos de idade. Nege nasceu no Rio de Janeiro, mas viveu sua infância e mocidade em Guaxupé no sul de Minas Gerais. Assim como Elias José, outro ilustre autor que não nasceu na cidade mineira mas à adotou como moradia, Nege foi agraciado com o título de cidadão guaxupeano. Foram muitas obras publicadas ao longo da vida. Textos que em grande parte transmitem uma sensação interiorana, com certeza reflexo da fase em que residiu em Guaxupé. Acredito que não há fronteiras para a literatura. Ler um bom livro gringo pode ser uma bela experiência, mas ler um livro genuinamente brasileiro, ambientado no seu país traz outras sensações devido à identificação e reconhecimento de lugares, tipos e situações. Agora, ler um texto em que você reconhece uma rua, um bairro, pessoas e características da sua cidade é uma experiência que transcende tudo isso. Atualmente Nege vive em São João da Boa Vista. Em 2011 esteve em Guaxupé lançando sua última coleta de contos “Osso e Ferro Velho”. Tive a oportunidade de pegar das mãos do autor o meu exemplar com dedicatória. Livro que guardarei e irei reler muitas vezes com grande orgulho. Para os guaxupeanos que ainda não tiveram contato com a obra de Nege Além, recomendo as coletâneas de contos “Osso e Ferro Velho” e “Rua Taboão” e o romance “O Cristo da Ermida”. A Biblioteca Municipal possui alguns títulos do autor.

Nashville Pussy em Franca/SP

Nashville_Franca

Não costumo postar indicações de shows gringos mais do mesmo. Mega eventos como Rock in Rio, Monsters e shows individuais de grandes medalhões do rock não têm espaço aqui. Afinal infos sobre esse tipo de evento pipocam por todos os lados e todo curtidor de rock tá careca de saber. Mas um show gringo mais under, de extrema qualidade e indicado pra quem realmente manja da parada tem sim espaço garantido. É o caso dessa bandassa do Texas que está turnê pelo Brasil. O Nashville Pussy em estúdio produz um rock n’ roll turbinado por riffs a lá AC/DC com letras que falam de sexo, drogas, inferno, bebedeiras e afins. No palco isso é potencializado à décima potência, com a guitarrista Ruyter Suys literalmente encarnando o “Angus Young Fêmea”, na maioria das vezes tocando de lingerie à mostra e enchendo a cara. Resumindo, é rock pra caraleo. Eles vão tocar em Franca, interior paulista, no sábado dia 16/11. Se você está nas redondezas e curte rock de verdade, não perca!

7º Triumph of Metal Festival em Pouso Alegre/MG

Triumph_2013_2

Uma semana após a realização do Super Peso Brasil em São Paulo, eis que a música pesada brasileira será celebrada mais uma vez. Grandes ícones irão se apresentar em Pouso Alegre/MG na 7ª edição do Triumph of Metal Festival. O cast está avassalador contando com bandas que marcaram a história do nosso rock peso pesado como Ratos de Porão, Chakal (lançando novo play), Salário Mínimo e Executer. Entre os nomes não tão antigos, destaque para o Baranga que sempre faz um show visceral e cheio de energia com referências claras à sonoridade de bandas como Motorhead e AC/DC. A revelação do cast sem dúvida é o Lado de Lá, banda prata da casa que está debutando em disco e faz um rock n’ roll pra lá de classudo. Fest mais que recomendado.

Super Peso Brasil: A maior celebração do metal nacional

Super_Peso_Brasil2

Houve uma época em que os shows gringos no Brasil eram raros. Nessa mesma época as bandas nacionais eram formadas por amigos de escola e de bairro que tinham em comum o gosto pelo rock. Muitos nem sabiam tocar, iam aprendendo juntos e melhorando com passar do tempo. Era muita vontade e pouca técnica. E justamente por não saberem tocar como os grandes ícones estrangeiros optavam por compor seus próprios sons de acordo com suas possibilidades. O acesso aos discos gringos também era difícil. Um único disco geralmente era reproduzido em muitas fitinhas cassete que rodavam de amigo a amigo. Isso fez com que as bandas nacionais fossem realmente valorizadas nessa época. Na segunda metade dos anos 80 e início dos 90, o rock pesado brasileiro viveu seu auge. As bandas tinham público, lançavam seus discos, circulavam. Hoje as coisas mudaram, os shows gringos são uma constante no país. A grande massa ouvinte de rock pesado lota os mega shows, desembolsando verdadeiras fortunas, mas não paga 15, 10 reais para ver um show nacional. É lamentável, mas é a realidade. Muitos dos heróis do rock brasileiro que na época da carência estrangeira por aqui salvavam a pátria estão na ativa até hoje. Cinco deles estarão se apresentando neste sábado no Carioca Club em SP. Super Peso Brasil é o nome do evento e esse sim contará com alguns dos nossos “Monstros do Rock”.

Serviço: Super Peso Brasil

Atrações: Metalmorphose (RJ), Stress (PA), Centúrias (SP), Taurus (RJ) e Salário Mínimo (SP)
Data: 09 de novembro (sábado)
Abertura da casa: 16h
Início dos shows: 16h50
Encerramento do evento: 20h50
Local: Carioca Club
Endereço: Rua Cardeal Arcoverde, 2899, Pinheiros – São Paulo
Fone: (11) 3813-8598
Classificação etária: 16 anos
(*) Sorteio de uma guitarra autografada por Andreas Kisser (Sepultura), às 16h30

Ingressos no dia:
Pista: R$ 60 / Camarote: R$ 100

Autor guaxupeano J.A.R. Ferraz lança “O Sexto Reino – E o Vale dos Dragões” nesta sexta

Livro_Ferraz

A cidade de Guaxupé, no sul de Minas Gerais, vive um grande momento no campo da literatura. Há de se constar que o município possui certa tradição neste quesito, visto que já foi residência de grandes escritores como Elias José e Nege Além. Porém uma nova safra de poetas e prosadores tem tirado gradativamente seus textos da gaveta e o resultado, independente do gênero, tem sido excelente. Em 2010, a Fundação Cultural de Guaxupé organizou uma antologia de poetas locais. Lógico que em um projeto como este, que prima pela abrangência, acaba entrando muito material de gosto duvidoso e outros muito bons, como aconteceu. Mas a iniciativa foi de extrema importância para impulsionar e estimular futuras publicações. No caso da prosa, André Stanley lançou recentemente o instigante romance “O Cadáver”, livro que tem proporcionado muitos elogios ao autor e tem tudo para se tornar um clássico da literatura local. E eis que agora mais um escritor guaxupeano tira seu livro da prensa. A primeira parte da trilogia “O Sexto Reino”, intitulada “E o Vale dos Dragões” de autoria de J.A.R. Ferraz será lançada nesta sexta, 08 de novembro, às 19h30, no Teatro Municipal. O livro é indicado para os amantes do gênero fantasia e demais leitores que queiram se aventurar por essa vertente. No mesmo dia também será lançado o livro de crônicas “Santo Algures” de Rodrigo Taveira, natural de São Caetano do Sul/SP, que está residindo em Guaxupé há 4 anos. O evento de lançamento contará com a presença dos escritores André Stanley e Ronaldo César Bueno Machado de Juruaia e a participação do Instituto Elias José. Também haverá exposição de telas do artista plástico Carlos Peixoto e da coleção de selos do filatelista Ângelo Ramos Nogueira. Prestigiem!