(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "//connect.facebook.net/pt_BR/all.js#xfbml=1"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk')); class="archive date unknown">

Desova: Catálogo Cogumelo 30 Anos (2012)

Uma importante página da história do rock brasileiro acaba de ganhar um registro à altura. A gravadora mineira Cogumelo Records está lançando com apoio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de BH, um catálogo histórico compreendendo seus 30 anos de existência, completados em 2010.
Tudo começou como uma pequena loja de discos de rock no ano de 1985. Cinco anos depois, para dar vazão à efervescente cena metálica que surgia na capital mineira, a loja virou gravadora e debutou no mercado com o lançamento do EP-split Bestial Devastation/Século XX, um vinilzão dividido entre as bandas Sepultura e Overdose. A partir daí, a Cogumelo lançou inúmeros discos de bandas que se tornaram lendas do metal brasileiro, como Chakal, Sarcófago, Mutilator, Holocausto, entre outras. Os lançamentos da gravadora conquistaram admiradores por todo o Brasil e até no exterior, contribuindo para que BH se tornasse o maior pólo produtor de música pesada do país.
O catálogo, impresso em material de alta qualidade, traz o registro de todos os lançamentos realizados pela Cogumelo, com capas, fotos inéditas, clippings e posters de shows. E se não bastasse, vem com uma coletânea com 18 bandas encartado. Com certeza, trata-se de um item que deve constar na prateleira de qualquer headbanger brasileiro que se preze.

Quando o assunto é cover #1

Nitrominds – Kill Emo All (2010)

Discos de versões, quase sempre, proporcionam uma boa diversão. Mas existe uma diferença enorme entre esses discos e as chamadas “bandas cover”. O assunto aqui são bandas autorais, com suas carreiras estabilizadas, que em determinado momento resolvem se divertir e gravar versões, mostrando suas influências e homenageando seus ídolos. O formato tornou-se popular em 1987, quando o Metallica lançou o EP Garage Days Re-Revisited. Com o passar dos anos, muitas bandas aderiram à prática e os resultados são na maioria das vezes curiosos.
Estreando essa seção, trago uma das melhores bandas de hardcore do Brasil, que infelizmente anunciou seu término no início deste mês: o Nitrominds. Em 2010, eles lançaram Kill Emo All, que de cara já chama a atenção pelo título e pela capa. Nos primórdios da banda, o Nitrominds era realmente uma banda de hardcore, mas com o passar do tempo foram assimilando influências de metal, o que ficou bem evidenciado no derradeiro álbum da banda, o ótimo Looking For A Hero. Segue ae o set de Kill Emo All. Corram atrás que vale a pena.

01 – Pennywise – The Secret
02 – Bad Religion – News From The Front (c/ Rodrigo Dead Fish)
03 – 7 Seconds – We´re Gonna Fight
04 – Down by Law – All American
05 – Bambix – Monozygotic
06 – Agent Orange – Bloostains
07 – DRI – Shut up
08 – S.O.D – Kill Yourself (c/ João Gordo)
09 – Nuclear Assault – Survive
10 – Sacred Reich – Surf Nicaragua
11 – Terrorgruppe – Enemy Number One
12 – NRA – Too Far Gone
13 – Hüsker Dü – Something I learned Today
14 – The Police – Next to You
15 – Ratos de Porão – Crianças sem Futuro (c/ Jão RDP)
16 – Excel – Drive

Cineclube Guaxupé apresenta:

[Internacionais]

Filme: O Rei da Comédia
Ano: 1983
Direção: Martin Scorsese
Duração: 108 minutos
Classificação: 16 anos

Sinopse:

Uma outra faceta do diretor Martin Scorsese. Consagrado por dirigir dramas de extrema violência, como Taxi Driver e Touro Indomável, Scorsese se aventurou pelo humor e dirigiu um dos filmes mais cultuados do gênero. O longa conta com a atuação brilhante do ator Jerry Lewis, considerado uma lenda da comédia mundial. No papel de um grande apresentador de talk show, Lewis é seqüestrado por um aspirante à comediante (Robert De Niro), que exige uma oportunidade para apresentar seu número. Segue-se então uma série de situações engraçadas e introspectivas sobre o lado negro da comédia.

Serviço:
Data: 26/06/2012 (Terça-feira)
Hora: 19:00
Local: Cine Teatro 14 Bis de Guaxupé
Entrada Gratuita

Ratos de Porão lançará vinil duplo de raridades

O Ratos de Porão, uma das maiores lendas do rock pesado brasileiro, vai lança um play duplo em vinil com faixas inéditas, b-sides e raridades. E se não bastasse, a capa foi feita pelo Marcatti, ícone dos quadrinhos underground, autor das clássicas capas do Brasil e Anarkophobia. Segue mensagem publicada pelo João Gordo na fan page da banda no Facebook: “Daqui 2 semanas macacada !!!! vcs terão a oportunidade de completar sua coleção do RDP …. tá pra sair a raspa de tacho ” NO MONEY NO ENGLISH ” 26 musicas em vinyl duplo de 180 gramas capa dupla feita pelo mestre Francisco Marcatti, um belissimo lançamento da LAJA e do meu selo imaginário Bruak Records comemorando porra nenhuma … tem cover do motorhead , cover do septic death um som inedito entre outras raridades que vc nunca ouviu dos anos 90 pra cá aguardem.”

Desova: LäJä 100 (DVD/2012)

Trampar com rock no Brasil não é fácil, visto que a grande massa da população é manipulada diariamente pelas emissoras comerciais de rádio e tv, que enfiam goela abaixo do povo modismos rentáveis como o tal do sertanejo universitário. Então é preciso saudar e valorizar qualquer iniciativa de resistência. Quanto à isso, o selo capixaba LäJä Rekords merece total o respeito. São anos trampando em prol do rock independente. Tarefa essa que se torna ainda mais difícil se levarmos em consideração que as bandas lançadas pelo selo são extremamente desgraçadas e barulhentas. Pois bem, recentemente a LäJä alcançou uma marca histórica: chegou ao lançamento de número 100. E pra comemorar fato tão heróico, o selo está lançando um DVD pra lá de especial. Intitulado LäJä 100, o disco compila imagens horríveis, muitas delas pontilhadas, outras tantas extraídas de velhas fitas VHS. Os efeitos especiais são os piores, as atuações são sofríveis e as bandas desgraçadamente toscas.
Foram resgatados vídeos épicos de nomes como Morto Pela Escola, Discarga, Vivisick, Hablan Por La Espalda, Os Pedrero, Los Canos, Motosierra, Evil Idols entre outros. Mas o nectar mesmo, é o “vídeo institucional da empresa”, onde conhecemos mais sobre a história da LäJä.
LäJä 100 é um documento de resistência. Algo muito sério, porém divertido.
Clique aqui para conferir um vídeo teaser do DVD.

A volta do Centurias

E o revival do metal oitentista brasileiro continua. Após as recentes reuniões do Viper e da Dorsal Atlântica, outro ícone da época está retomando as atividades: o Centurias. Pra quem não conhece, o Centurias integrou um dos primeiros discos de heavy metal nacional, a coleta SP Metal Vol.I, em 1984. A formação atual traz Nilton “Cachorrão” Zanelli (vocal), Ricardo Ravache (baixo) – ambos integrantes da formação que gravou o álbum “Ninja” (1988) –, Roger Vilaplana (guitarra, ex-Nostradamus e que tem participação na autoria em cinco faixas de “Ninja”) e Júlio Príncipe (bateria, ex-Firebox e atualmente no Aggression Tales). Paulão Thomaz, fundador e um dos membros principais preferiu ficar de fora da reunião devido ao seu comprometimento com o Baranga, sua banda atual. Porém, aprovou a volta e deu total liberdade pro Centurias seguir em frente.
Além dos ensaios e shows programados, a banda está trabalhando em novas composições que prometem manter o espírito do metal dos anos 80 mas utilizando os recursos tecnológicos atuais. Facilitando assim, o processo de gravação.
A reestréia do Centurias nos palcos ocorrerá no próximo dia 14 de julho no Embu Guaçu Rock ‘n’ Roll Fest 2012.

Cineclube Guaxupé apresenta:

[Nacionais]

Filme: Nossa Vida Não Cabe Num Opala
Ano: 2008
Direção: Reinaldo Pinheiro
Duração: 88 minutos
Classificação: 16 anos

Sinopse:

Filme baseado na peça Nossa Vida Não Vale Um Chevrolet, do dramaturgo Mário Bortolotto. Contando com um elenco de peso, com participações de Dercy Gonçalves, Marília Pêra e Paulo César Pereio, o longa narra a história de uma família de assaltantes de carro, especializada em roubar Opalas. Em meio à rotina dos assaltos a trama escancara a degradação dos personagens e das relações entre eles. Uma tragédia familiar contada com virulência e sarcasmo. Destaque para a trilha sonora, assinada pelo próprio Bortolotto, composta por grandes nomes da música underground brasileira, como La Carne, Cascadura, Patife Band, Bêbados Habilidosos e Tempo Instável.

Serviço:
Data: 19/06/2012 (Terça-feira)
Hora: 19:00
Local: Cine Teatro 14 Bis de Guaxupé
Entrada Gratuita

Viper em Ribeirão Preto

Já é público e notório que o Viper, umas das lendas do metal nacional se reuniu para uma turnê comemorativa aos 25 anos do álbum Soldiers of Sunrise. Pois bem, essa tour batizada de To Live Again e que conta com o retorno do vocalista Andre Matos após 22 anos desde sua saída da banda, passará pelo interior paulista no final de junho. Os shows ocorerão no Vila Dionísio, bar especializado em cerveja e rock n’ roll que possui duas unidades, uma em Ribeirão Preto e outra em São José do Rio Preto. Na ocasião, o Viper irá executar na íntegra os discos Soldiers of Sunrise e Theatre of Fate, dois clássicos metal brasileiro. Pra quem é da região é a oportunidade de ver um show histórico, visto que está reunião poderá não se perpetuar após o encerramento da tour. Para maiores infos, acesse o site do Vila.

« + Antigas