(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "//connect.facebook.net/pt_BR/all.js#xfbml=1"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk')); class="archive paged category category-filmes category-272 paged-2 category-paged-2 unknown">
Buscando em:filmes

Cineclube Casa da Cultura apresenta:

Touro_Indomavel

Filme: Touro Indomável
Ano: 1980
Direção: Martin Scorsese
Duração: 124 minutos
Classificação: 16 anos
Gênero: Drama

Curadoria da sessão: Gralha Rocka

Sinopse:

Adaptação da biografia de Jake La Motta, boxeador americano que viveu seus dias de glória durante a década de 1940. “Touro Indomável” retrata com competência a personalidade violenta do lutador, seus conflitos internos, sua relação com o irmão, o ciúme excessivo e a repulsa à manipulação de resultados pela máfia. O longa rendeu a Robert De Niro o Oscar de Melhor Ator, graças a sua caracterização visceral de La Motta, cuja fúria sobre o ringue transbordava para a vida pessoal. Apesar de incompreendido à época de seu lançamento, devido à crueza das cenas, “Touro Indomável” figura hoje em incontáveis listas de melhores filmes de todos os tempos e é utilizado como tema de estudo em conceituadas faculdades de cinema.

Serviço:
Data: 01/10/2015
Hora: 20:30
Local: Auditório Cine Theatro São Carlos (anexo à Casa da Cultura de Guaxupé/MG)
Entrada Gratuita

Cineclube Casa da Cultura apresenta:

Paixao_Selvagem

Filme: Paixão Selvagem
Ano: 1976
Direção: Serge Gainsbourg
Duração: 83 minutos
Classificação: 18 anos
Gênero: Drama

Curadoria da sessão: Gralha Rocka

Sinopse:

Produção maldita e transgressora dirigida pelo multiartista francês Serge Gainsbourg. O filme tem como título original o mesmo nome da mais célebre música de Gainsbourg: “Je T’Aime Moi Non Plus”. Destaque para o casal de protagonistas composto pela mulher do diretor, Jane Birkin, e por Joe Dallesandro, lendário ator do cinema underground conhecido por seus trabalhos com Andy Warhol, inclusive a icônica capa do álbum “Sticky Fingers” dos Rolling Stones. Na trama Jane vive Johnny, uma garota andrógina que trabalha em uma lanchonete de beira de estrada e que se apaixona pelo caminhoneiro homossexual Krassky (Dallesandro). Ele vive um explosivo romance com seu parceiro de trabalho Padovan (Hugues Quester). Porém a aparência masculina de Johnny faz com que Krassky se interesse também pela garçonete. “Paixão Selvagem” foi um filme ousado para sua época, libertário e intenso assim como Serge Gainsbourg foi em vida.

Serviço:
Data: 17/09/2015
Hora: 20:30
Local: Auditório Cine Theatro São Carlos (anexo à Casa da Cultura de Guaxupé/MG)
Entrada Gratuita

Cineclube Casa da Cultura apresenta:

A_Volta_Dos_Mortos_Vivos01

Filme: A Volta dos Mortos Vivos
Ano: 1985
Direção: Dan O’Bannon
Duração: 91 minutos
Classificação: 16 anos
Gênero: Terror/Comédia

Curadoria da sessão: Gralha Rocka

Sinopse:

Clássico oitentista precursor do splatstick, um subgênero do terror que combina violência gráfica, erotismo e comédia. Utilizando de metalinguagem, o roteiro apresenta os zumbis do filme “A Noite dos Mortos Vivos” (1968), de George Romero, como seres reais. Por uma falha de logística do exército americano os cilindros contendo os zumbis confinados foram parar em um depósito de produtos médico-hospitalares. Acidentalmente dois funcionários do local liberam o gás de um cilindro que reanima um corpo morto. Eles resolvem então picar o corpo do morto vivo e queimá-lo no forno crematório do cemitério vizinho. Isso faz com que o gás, através da fumaça, se misture as nuvens de uma tempestade criando uma chuva ácida que levanta todos os mortos enterrados. Um grupo de punks que vadiava no cemitério se junta ao pessoal do necrotério em sua luta contra os zumbis, que são mais espertos que os vivos. Estão reunidos os ingredientes para um splatstick divertidíssimo.

Serviço:
Data: 10/09/2015
Hora: 20:30
Local: Auditório Cine Theatro São Carlos (anexo à Casa da Cultura de Guaxupé/MG)
Entrada Gratuita

Cineclube Casa da Cultura apresenta:

Operacao_Dragao

Filme: Operação Dragão
Ano: 1973
Direção: Robert Clouse
Duração: 98 minutos
Classificação: 14 anos
Gênero: Ação

Curadoria da sessão: Gralha Rocka

Sinopse:

Clássico do cinema de artes marciais protagonizado pelo lendário Bruce Lee. “Operação Dragão” é muito mais que um filme de lutas e incorpora elementos dos antigos filmes de agente secreto e espionagem, com suas organizações criminosas e seus vilões excêntricos. Na trama, Lee vive um integrante do Templo Shaolin recrutado para investigar uma rede de tráfico de ópio e prostituição. Para isso, ele precisa se infiltrar em um torneio de artes marciais promovido na ilha particular de um magnata que usa sua academia como fachada para encobrir crimes. Entre os competidores estão o afro-americano Willians, ativista dos movimentos negros anti-racistas, e o playboy jogador Roper, que se junta à Lee no combate aos criminosos. Destaque também para a trilha sonora assinada por Lalo Schifrin, que une ritmos e estilos característicos da contracultura setentista, como o jazz fusion e o funk.

Serviço:
Data: 03/09/2015
Hora: 20:30
Local: Auditório Cine Theatro São Carlos (anexo à Casa da Cultura de Guaxupé/MG)
Entrada Gratuita

Cineclube Casa da Cultura apresenta:

Nascido_Para_Matar2

Filme: Nascido Para Matar
Ano: 1987
Direção: Stanley Kubrick
Duração: 116 minutos
Classificação: 16 anos
Gênero: Drama/Guerra

Curadoria da sessão: Gralha Rocka

Sinopse:

A insanidade do serviço militar e da guerra retratados pelo diretor Stanley Kubrick. “Nascido Para Matar” é dividido em duas partes. O primeiro ato narra o treinamento sádico e desumano de um grupo de aspirantes à fuzileiros navais americanos. Com um humor corrosivo entremeado a uma grande carga dramática, o longa mostra o embate entre homens comuns e um sargento linha dura que tem como meta transformá-los em “máquinas de guerra”. Na segunda parte, os fuzileiros enfrentam seus próprios medos e os horrores do campo de batalha. Ao lado de “Platoon” e “Apocalypse Now”, o filme é um marco do cinema de guerra ambientado no conflito entre EUA e Vietnã. Mais um excepcional trabalho de Kubrick, responsável também por clássicos como “Laranja Mecânica”, “2001: Uma Odisséia no Espaço” e “O Iluminado”.

Serviço:
Data: 27/08/2015
Hora: 20:30
Local: Auditório Cine Theatro São Carlos (anexo à Casa da Cultura de Guaxupé/MG)
Entrada Gratuita

Cineclube Casa da Cultura apresenta:

Eu_Receberia

Filme: Eu Receberia as Piores Notícias dos Seus Lindos Lábios
Ano: 2012
Direção: Beto Brant e Renato Ciasca
Duração: 100 minutos
Classificação: 16 anos
Gênero: Drama/Nacional

Curadoria da sessão: Gralha Rocka

Sinopse:

Adaptação do livro homônimo do escritor Marçal Aquino. Em grande atuação e desprovida de qualquer limitação, a atriz Camila Pitanga se entrega completamente ao que muitos consideram o maior personagem da sua carreira. Camila encarna Lavínia, mulher sedutora e instável, figura central de um triângulo amoroso. “Eu Receberia as Piores Notícias dos Seus Lindos Lábios” narra uma vertiginosa e acidentada história de amor nascida em um ambiente hostil: uma cidade do interior do Pará envolta em conflitos em decorrência do garimpo. O fotógrafo Cauby e o pastor Ernani completam os vértices deste triângulo. Destaque também para a ambientação, com belas imagens da região amazônica e para o elenco de apoio composto por nativos. O longa ganhou o prêmio de melhor filme do Festival de Cinema Latino-americano de Huelva e Camila Pitanga foi premiada como melhor atriz nos festivais do Rio e do Amazonas.

Serviço:
Data: 20/08/2015
Hora: 20:30
Local: Auditório Cine Theatro São Carlos (anexo à Casa da Cultura de Guaxupé/MG)
Entrada Gratuita

Cineclube Casa da Cultura apresenta:

Daqui_a_cem_anos01

Filme: Daqui a Cem Anos
Ano: 1936
Direção: William Cameron Menzies
Duração: 93 minutos
Classificação: 16 anos
Gênero: Ficção Cientítica

Curadoria da sessão: Gralha Rocka

Sinopse:

Primeira superprodução do gênero ficção científica, lançada em 1936. “Daqui a Cem Anos” é uma entre muitas adaptações da obra do escritor H.G. Wells, autor de clássicos como “A Ilha do Dr. Moreau”, “A Máquina do Tempo” e “Guerras dos Mundos”. O próprio Wells escreveu o roteiro e supervisionou as filmagens. O longa narra os acontecimentos ocorridos em Everytown, uma metrópole fictícia, no período de quase cem anos (1940 – 2036). Na trama, uma grande guerra mundial reduz a sociedade à comunidades primitivas. Somente a ciência e não a religião ou a política é capaz de promover a paz e retomar o desenvolvimento da civilização. Porém o avanço tecnológico acaba acarretando novos focos de tensão social. O filme marca a estréia de William Cameron Menzies na direção, cenógrafo vencedor do Oscar em 1929 e um dos maiores criadores de cenários de Hollywood na época. São dele os sets do épico “E o Vento Levou”. As temáticas de Wells e o visual elaborado por Menzies em “Daqui a Cem Anos” serviram de influência para inúmeros filmes do gênero.

Serviço:
Data: 13/08/2015
Hora: 20:30
Local: Auditório Cine Theatro São Carlos (anexo à Casa da Cultura de Guaxupé/MG)
Entrada Gratuita

Cineclube Casa da Cultura apresenta:

Black_Sabbath

Filme: Black Sabbath – As Três Máscaras do Terror
Ano: 1963
Direção: Mario Bava
Duração: 92 minutos
Classificação: 16 anos
Gênero: Terror/Suspense

Curadoria da sessão: Gralha Rocka

Sinopse:

Clássico do terror italiano que influenciou as temáticas e o nome da banda britânica Black Sabbath. O longa une dois ícones do gênero: o diretor Mario Bava e o ator Boris Karloff, conhecido mundialmente por sua atuação em “Frankenstein” de 1931. “As Três Máscaras do Terror” é um filme de episódios. O primeiro, “O Telefone”, é uma típica história de suspense, onde Bava cria grande tensão utilizando o ambiente claustrofóbico de um pequeno apartamento. “O Wurdalak” é o segundo, baseado em uma lenda do folclore russo adaptada pelo escritor Aleksei Tolstoy. Os Wurdalaks são vampiros que sugam o sangue apenas daqueles que amam. O longa é finalizado com o episódio “A Gota D’água”, um aterrorizante conto envolvendo uma enfermeira gananciosa e uma velha paranormal recém falecida. Destaque para a emblemática caracterização de maquiagem, algo inovador e medonho para os padrões da época. Um filme onde Mario Bava mostra toda sua genialidade utilizando jogos de luz e sombra, cores vivas e enquadramentos minuciosos, garantindo uma sofisticação visual única.

Serviço:
Data: 06/08/2015
Hora: 20:30
Local: Auditório Cine Theatro São Carlos (anexo à Casa da Cultura de Guaxupé/MG)
Entrada Gratuita

« + Antigas + Novas »